Covid-19: EUA informam que só vão partilhar vacinas depois de garantirem necessidades do país

Os Estados Unidos só vão partilhar globalmente uma eventual vacina ou tratamento contra a Covid-19, depois de garantirem o cumprimento de todas as necessidades do país, avançou esta segunda-feira, Alex Azar, secretário de Estado da Saúde norte-americano, citado pela ‘Reuters’.

«A nossa prioridade é desenvolver e produzir uma quantidade suficiente de vacinas e tratamentos seguros e efectivos, aprovados pela Food and Drug Administration (FDA), para utilização nos Estados Unidos», disse Azar a jornalistas numa visita a Taiwan.

Contudo, o responsável espera «ter a capacidade de, assim que essas necessidades forem atendidas, disponibilizar os mesmos produtos à comunidade mundial, de acordo com distribuições justas e equitativas».

O responsável referiu-se ainda à decisão de os Estados Unidos abandonarem a Organização Mundial de Saúde (OMS). «Os Estados Unidos sempre foram e continuarão a ser o maior financiador de saúde pública no mundo», disse.

«Após a nossa saída da OMS, vamos trabalhar em conjunto com outros países da comunidade mundial para encontrar os veículos apropriados que possibilitem continuar a apoiar, de forma multilateral e bilateral, a saúde pública global, como sempre fizemos», acrescentou Azar.

pub

Comentários
Loading...