Covid-19: “Este vírus veio para ficar até ao resto da humanidade”, diz especialista

O especialista em doenças infecciosas Michael Osterholm, diretor do Centro de Pesquisa e Política de Doenças Infecciosas da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, considera que “é muito provável que o mundo nunca se livre do novo coronavírus”, noticia a ‘CNN’.

“Nunca erradicaremos este vírus”, disse Osterholm na “Newsroom” da CNN, comparando o coronavírus ao HIV (Vírus da imunodeficiência humana) que está na origem da Sida, explicando que seremos capazes de controlá-lo mas nunca desaparecerá completamente.

“Este vírus veio para ficar até ao resto da humanidade. Este é um vírus do qual nunca nos vamos conseguir livrar”, frisou ainda o especialista.

As declarações de Osterholm acontecem um dia depois de Anthony Fauci, o principal especialista em doenças infecciosas do país, ter afirmado que “não nos vê realmente a conseguir erradicar o novo coronavírus completamente”.

“Até que realmente tenhamos o compromisso de levar esse vírus a um nível muito, mas mesmo muito baixo, não teremos grandes resultados, restando-nos ter de continuar a apagar este furioso incêndio florestal da melhor maneira possível”, disse Osterholm.

Questionado sobre as vacinas em desenvolvimento e a forma como se pode antever o seu impacto, o especialista, admitindo que existem de facto grandes progressos no desenvolvimento da vacina contra a Covid-19, considerou que “a primeira iteração será apenas um passo”.

“Acho que o melhor que podemos esperar é uma vacina que proteja a maioria de nós por, pelo menos, alguns meses, mas dificilmente terá a capacidade de o fazer por anos. Esse próximo nível de vacinas será o de tentar fazer mais com o sistema imunológico do que o que conseguimos até agora”, detalhou ainda Osterholm, concluindo que melhores resultados “estão muito longe, no futuro”.

Recorde-se que os Estados Unidos registaram mais infeções de Covid-19 nas últimas duas semanas do que em todo o mês de julho. O país tem neste momento mais de cinco milhões de casos confirmados.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...