Covid-19: Empresários da restauração e hotelaria do Algarve pedem o fim dos testes

Os empresários da hotelaria e restauração do Algarve exigem o fim da exigência de testes negativos e certificados de vacinação aos clientes

João Guerreiro, presidente da Associação de Empresários de Quarteira e Vilamoura, lamentou, contactado pelo Correio da Manhã que “as restrições continuem a complicar a vida aos empresários, porque ainda há muitas pessoas que apesar de estarem vacinadas não têm certificados”. O empresário acredita que “estamos a caminhar para um novo normal com muitas anormalidades”.

Já Elidérico Viegas, presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve, critica a obrigatoriedade do certificado, para entrar em unidades hoteleiras, medidas que considera “desajustadas” e que “estão a desmotivar os turistas a viajar para a região”.

“As novas medidas não chegam para fazer face aos danos que sucessivos confinamentos provocaram”, queixa-se igualmente Abel Barroso, empresário em Boticas, “concelho com maior taxa de incidência do País”, como lembra o CM.

Atualmente, os restaurantes podem  ter oito por grupo no interior, no entanto, ao fim de semana continua a ser exigido o documento que atesta a imunidade ou testagem para entrada no estabelecimento.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.