Covid-19: «Em breve vamos encurralar o vírus», afirma especialista

O vice-diretor do Instituto de Medicina Molecular, Bruno Silva Santos, considera que, em breve, vai ser atingido “um ponto de equilíbrio para que o coronavírus não cause qualquer desconforto além da gripe”. Em declarações à SIC Notícias, o especialista afirma que “em breve vamos encurralar o vírus”.

“A expetativa do futuro é que este vírus se torne endémico, da mesma forma que os vírus que causam a gripe ou outros coronavírus, por exemplo, são endémicos na nossa população”. O investigador explica que são vírus que estão presentes, mas que as pessoas mantêm, na mesma, “a imunidade constantemente ativa”.

A capacidade de as empresas farmacêuticas conseguirem adaptar as vacinas às variantes do novo coronavírus é “muito encorajadora”, considera Bruno Santos Silvas, que crê que, num futuro próximo, estas versões mutadas do vírus não vão ser conhecidas.

“O vírus vai chegar a um ponto em que não vai poder mutar mais”, disse, acrescentando que vai ser possível adaptar as vacinas contra a covid-19 a estas variantes. O perito realça também que os imunizantes que já existem e que já estão a ser administrados apresentam uma alta eficácia contra as estirpes mais contagiosas.

O investigador considera também que há uma “esperança real” no que toca à imunidade de grupo, sendo que o acesso a mais vacinas na União Europeia vai ser fundamental para controlar a pandemia até ao final do ano.

“Estamos todos no mesmo barco, que é o planeta que habitamos”, diz. Até atingirmos a imunidade de grupo, o vice-diretor do Instituto de Medicina Molecular crê também que é muito importante “testar, testar, testar”.

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...