Covid-19. Covid-19: Madeira substitui quarentena obrigatória por realização de teste à chegada

Os passageiros desembarcados nos aeroportos do arquipélago da Madeira, residentes e não residentes, deixam de ser sujeitos a cumprir um período de quarentena obrigatória a partir desta quarta-feira, mas entra em vigor a obrigatoriedade de apresentação ou realização de um teste à Covid-19 à chegada.

O teste negativo deve ter sido realizado nas últimas 72 horas, prévias ao desembarque, ou, em alternativa, pode ser realizado um teste à chegada. Já o custo inerente à realização do teste terá de ser suportado pelos passageiros.

Os passageiros com teste negativo podem desembarcar, mas ficam sujeitos a monitorização pelas autoridades de saúde através de uma aplicação de telemóvel ou por contactos regulares.

Até aqui, recorde-se que todos os passageiros desembarcados na Madeira estavam obrigados a cumprir quarentena em unidades hoteleiras.

Neste momento, Portugal regista 1.576 óbitos associados ao novo coronavírus e 42.141 casos confirmados de infecção, segundo o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde. A região autónoma da Madeira contabiliza 93 casos e nenhum óbito.

pub

Comentários
Loading...