Covid-19: Casos podem duplicar no Natal e aumento de mortes é «altamente provável», alertam especialistas

O número de casos do novo coronavírus pode «duplicar facilmente» durante o Natal, sendo que o aumento de mortes é «altamente provável» alertou o Scientific Advisory Group for Emergencies (SAGE), um grupo de especialistas do governo britânico, citados pelo ‘Mirror’.

Diversos estudos do SAGE revelam que os conselheiros do governo estão preparados para que o número de casso da doença dispare, depois de o país ter decidido aliviar as restrições para a altura do Natal. De acordo com as novas regras, até três famílias podem criar uma «bolha de Natal» única durante cinco dias, de 23 a 27 de dezembro.

Contudo, os especialistas alertaram: «Qualquer relaxamento durante o período festivo resultará numa maior transmissão e incidência do vírus, potencialmente em grande quantidades». Mesmo sob as regras especiais, um conselheiro do governo britânico referiu que este «é um evento de grande partilha. Não é possível evitar».

A orientação surge em artigos do SAGE no início deste mês, que aconselharam o governo britânico sobre a forma como as regras podem ser relaxadas. Os cientistas consideram que um sistema de bolhas fixas – como o criado pelo governo do Reino Unido – reduziria o risco, mas não o eliminaria.

A declaração de consenso do mesmo grupo na mesma semana alertou ainda para o facto de que um aumento no número de mortes seria «altamente provável» se «os padrões de contato mudarem», algo que se prevê que aconteça.

«É altamente provável que um aumento na incidência do vírus ocorra durante o período festivo se os padrões de contato mudarem e aumentarem, o que inevitavelmente levará a um aumento nas admissões hospitalares e mortes» pode ler-se no relatório do SAGE.

Ler Mais

Comentários
Loading...