Covid-19: Cancelada “manif” do 25 de Abril, associação pede que portugueses cantem “Grândola” 

Manifestação comemorativa dos 45 anos da Revolução de 25 de Abril na avenida da Liberdade, em Lisboa, 25 de abril de 2019. MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

A manifestação do 25 de Abril em Lisboa foi cancelada devido à pandemia de covid-19 e a Associação 25 de Abril pediu hoje às pessoas que, mesmo em casa, vão à janela cantar a “Grândola”.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Associação 25 de Abril, Vasco Lourenço, um dos promotores do desfile anual, afirmou que a manifestação foi cancelada, mas propõe uma alternativa.

Vasco Lourenço pediu que, às 15:00 do dia 25 de abril, hora a que começaria o desfile em Lisboa e noutras cidades, rádios e televisões “passem” a canção que foi uma das senhas do Movimento das Forças Armadas (MFA) em abril de 1974, e às pessoas, que estão em casa devido à pandemia, que “venham às janelas, às varandas cantar a ‘Grândola Vila Morena'”.

A ideia, adiantou, é não parar atividades que “não podem ser suspensas, nomeadamente os cuidados de saúde” nesta fase de pandemia.

“As outras pessoas que mostrem que queremos um país livre, democrático, solidário, como é necessário nesta altura”, afirmou Vasco Lourenço.

As comemorações populares do 25 de Abril são organizadas anualmente por uma comissão promotora, em que se inclui a Associação 25 de Abril.

Ler Mais
Artigos relacionados

Exclusivo MIT - Massachusetts Institute of Technology

Dormir. Factor determinante no desempenho profissional?

Pesquisas mostram que a falta de sono tem várias consequências que podem afectar negativamente o desempenho profissional. Então por que razão tantos locais de trabalho modernos condenam práticas que não ajudam a bons horários de sono?
Comentários
Loading...

Multipublicações