Covid-19: Britânicos arriscam quarentena em todos os países da UE

Os britânicos que viajam para a União Europeia arriscam ter de ficar de quarentena à chegada, à medida que o bloco opta por um sistema de restrições mais rigoroso devido à pandemia da Covid-19, de acordo com o ‘Daily Mail’.

A Comissão Europeia está a pressionar os Estados membros a adoptarem o seu sistema de quarentena de ‘semáforos’ recentemente publicado, de forma a que todo o bloco use os mesmos critérios para restringir viagens.

Desta forma, o sistema da UE veria medidas de quarentena aplicadas a todas as chegadas de países exteriores com mais de 50 casos de coronavírus por 100 mil habitantes nas duas semanas anteriores e uma taxa de teste positivo acima de 3%.

Um aumento recente de casos significa que o Reino Unido tem actualmente uma taxa de infecção de 51,1 por 100 mil habitantes e uma taxa de teste positivo de 6%, ambas acima do limite da UE.

De acordo com o jornal Telegraph, países como França, Espanha, Alemanha e Holanda são a favor de um sistema europeu padronizado. No entanto, acredita-se que gostariam de manter a capacidade de agir unilateralmente na quarentena para que pudessem alterar as restrições quando considerassem adequado.

A Comissão Europeia publicou os seus planos de ‘semáforo’ no início de Setembro, numa tentativa de harmonizar as regras em toda a Europa. Os países com uma taxa de infecção acima de 50 casos por 100 mil habitantes seriam adicionados a uma ‘lista vermelha’, enquanto que países com uma taxa entre 25 e 50 casos estariam na ‘lista amarela’. Os restantes com uma taxa de infecção inferior a 25 casos por 100 mil habitantes seriam adicionados à ‘lista verde’.

De acordo com as propostas da Comissão Europeia, o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças publicaria um mapa todas as semanas com os códigos de cores mais recentes aplicados a cada país. O objetivo é introduzir uma «abordagem coordenada, previsível e transparente para as restrições de viagens», que substitua o actual «caleidoscópio de medidas individuais».

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...