pub

Covid-19: Berlusconi deixa o hospital esta segunda-feira

O ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, vai deixar o hospital de Milão, onde estava a ser tratado após contrair o coronavírus há duas semanas, de acordo com fontes próximas do seu partido, Forza Italia, citadas pela agência ‘Reuters’.

«O presidente terá alta hoje por volta do meio-dia», disseram as mesmas fontes numa mensagem enviada aos jornalistas, a que a ‘Reuters teve acesso’.

Recorde-se que ex-primeiro-ministro italiano testou positivo para a Covid-19 no dia 4 de Setembro, tendo sido internado no hospital San Raffaele de Milão, com diagnóstico de pneumonia ligeira, que afectou os dois pulmões.

Já na semana passada foi avançado que a saúde de Berlusconi estava «a melhorar constantemente», de acordo com um comunicado do seu médico pessoal, Alberto Zangrillo. «Todos os parâmetros monitorizados estão bem» e Berlusconi está «a melhorar constantemente», disse Alberto Zangrillo na passada terça-feira.

Também os restantes médicos do hospital de Milão já tinham referido que o antigo primeiro-ministro italiano estava a reagir bem aos tratamentos. «O paciente está tranquilo e a reagir de forma regular aos tratamentos», precisou Alberto Zangrillo, lembrando que, apesar da evolução favorável, o ex-primeiro-ministro italiano pertence a um grupo de risco, dada a sua idade e patologias anteriores.

«A evolução é regular», referiu o médico assistente, acrescentando que a fase é «delicada», o que o levou a reiterar «um optimismo cauteloso» e a não «reclamar já vitória», tendo em conta que a idade de Sílvio Berlusconi o coloca na categoria de pacientes mais frágeis à infecção pelo novo coronovírus.

O responsável tem revelado através das redes sociais o seu estado de saúde. Numa publicação no Twitter Berlusconi disse, logo no inicio do seu internamento: «Quero assegurar-vos de que estou bem. Também eu sou uma vítima como tantos italianos do contágio da covid. Uma doença da qual nunca apreciámos a importância ou os riscos envolvidos e a consequente necessidade de medidas mais rigorosas na protecção da saúde pública».

Numa outra publicação já no dia 9 de Setembro, o responsável disse: «Estou a lutar para sair desta doença infernal. Estou a esforçar-me tanto».

Para além de Berlusconi também dois dos seus filhos, Barbara, de 36 anos, e Luigi, de 31, bem como a sua nova companheira, Marta Fascina, de 30 anos, tiveram resultados positivos nos respectivos testes para diagnóstico da presença do vírus SARS-CoV-2.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...