Covid-19: Ativado plano de emergência e proteção civil. Lisboa, Porto e Aveiro em alerta laranja

O comandante nacional da protecção civil, Duarte Costa, revelou esta terça-feira que todos os distritos do país encontram-se em estado de alerta amarelo devido à pandemia de Covid-19, sendo que existem três em alerta laranja: Lisboa, Porto e Aveiro, devido a maiores incidências de riscos e casos que obrigam a uma maior coordenação e a uma actividade mais próxima, para criar medidas de controlo e mitigar a Covid-19.

O comandante revela ainda que foi activado o plano de emergência e protecção civil, para garantir o enquadramento das medidas avulsas e poder integrar faseadamente outras tais como «o levantamento de grupos que contribuam para a continuidade da prestação do socorro em Portugal», refere.

Duarte Costa enviou ainda “uma mensagem fundamental” em nome da Proteção Civil: “Fiquem definitivamente em casa. Cada pessoa que ficar em casa e interromper a cadeia de infecção, é uma pessoa que contribuí para que haja menos portugueses infectados. Logo, contribui para que haja menos portugueses a ficarem doentes e, no limite, menos portugueses que vão morrer por causa da covid-19”, apelou.

O responsável refere também que o plano vai ser activado por fases, através de uma maior liberdade da alocação de recursos humanos, financeiros e logísticos para constituir reservas emitidas para determinadas regiões e «criar grupos de resposta imediata, apoiados pela espinha dorsal da protecção civil», como é o caso dos bombeiros.

Sublinha ainda que todos estes planos da protecção civil contam sempre o apoio e supervisão da Direcção Geral de Saúde e do Ministério da Saúde.

De acordo com o boletim diário da Direção-geral da Saúde (DGS), registaram-se até ao momento 43 mortes, mais 10 que ontem,  e 2.995 casos confirmados de COVID-19 em Portugal. Pelo menos, 1.591 pessoas aguardam resultado laboratorial, há já 22 recuperados e 13.624 cidadãos permanecem em vigilância pelas autoridades.

Os dados do boletim indicam que dos casos confirmados de infeção por SARS-COV-2, 276 estão internados, dos quais 61 em unidades de cuidados intensivos, uma subida de 27,1% (mais 13 casos) face aos dados de terça-feira. Quando ao número de mortes, 20 ocorreram no Norte, 10 no Centro, 12 em Lisboa e uma no Algarve. Dos 43 óbitos, 30 registaram-se no sexo masculino e 13 no sexo feminino.

Mais de 19 mil pessoas morreram em todo o mundo infetadas por covid-19, de acordo com um balanço feito pela Agência France Presse (AFP) a partir de dados oficiais divulgados hoje às 11:00. De acordo com o novo balanço divulgado às 11:00, o novo coronavírus matou 19.246 pessoas em todo o mundo desde que surgiu em dezembro.

Foram registados mais de 427.940 casos de infeção em mais de 181 países e territórios desde o início da epidemia.

Espanha superou hoje a China em número de mortos: 3.434 óbitos, mais 738 em 24 horas.

Os países mais afetados depois de Itália e Espanha são a China com 3.281 mortes para 81.218 casos, Irão com 2.077 mortes (27.017 casos), França com 1.100 mortes (22.302 casos) e Estados Unidos com 600 mortos (55.225 casos).

 

 

 

Ler Mais
Artigos relacionados

Exclusivo MIT - Massachusetts Institute of Technology

Dormir. Factor determinante no desempenho profissional?

Pesquisas mostram que a falta de sono tem várias consequências que podem afectar negativamente o desempenho profissional. Então por que razão tantos locais de trabalho modernos condenam práticas que não ajudam a bons horários de sono?
Comentários
Loading...

Multipublicações