Covid-19. ASAE “apanha” distribuidor de desinfetante com preços até 150 euros

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou, esta terça-feira, que identificou um importador e distribuidor de “álcool gel” por prática de preços especulativos em março.

A venda, detalha a ASAE, era feita com “preços díspares entre si, sem qualquer justificação. O preço oscilou entre os 25 e 150 euros”.

Esta “ação inspetiva” realizou-se ontem, segunda-feira, “a uma sociedade comercial de importação e distribuição na zona metropolitana de Lisboa, que associava a venda dos produtos à própria pandemia”.

Tendo em conta os “fortes indícios” da prática de crime de especulação, a ASAE assegura que comunicará os resultados da operação ao Ministério Público.

“O operador económico não seguia qualquer critério na definição do preço final ao cliente e foi aumentando, de forma generalizada, os valores de venda à medida que os dias passavam, em função da procura generalizada”, refere a ASAE num comunicado enviado às redacções.

Entre o final de fevereiro e março, altura em que foram registados os primeiros casos de covid-19 em Portugal, o desinfetante para as mãos teve uma variação de preço de compra e venda a oscilar entre 48% e 490%.

Ler Mais
Artigos relacionados

Exclusivo MIT - Massachusetts Institute of Technology

Dormir. Factor determinante no desempenho profissional?

Pesquisas mostram que a falta de sono tem várias consequências que podem afectar negativamente o desempenho profissional. Então por que razão tantos locais de trabalho modernos condenam práticas que não ajudam a bons horários de sono?
Comentários
Loading...

Multipublicações