Covid-19: Alemanha prolonga ‘lockdown’ no distrito mais afectado por surto em fábrica de carnes

O estado alemão da Renânia do Norte-Vestfália, vai prolongar durante mais uma semana o «lockdown’ instituído, na sequência de um surto de coronavírus, numa fábrica de processamento de carnes, avança a agência ‘Reuters’.

O primeiro-ministro da região, Armin Laschet, referiu esta segunda-feira que as restrições de manter bares, museus, galerias, cinemas, ginásios e piscinas encerrados, vão continuar no distrito de Guetersloh por enquanto, durante pelo menos mais uma semana, mesmo que o surto esteja controlado.

Por sua vez o ‘lockdown’ imposto no distrito vizinho de Warendorf será suspenso esta terça-feira porque o número de novos casos positivos foi menor do que em Guetersloh, segundo o responsável.

Cerca de 600 mil pessoas em ambos os municípios foram obrigadas a regressar ao confinamento, nas suas casas, a 23 de Junho, depois de mais de 1.500 trabalhadores de uma fábrica de processamento de carnes terem apresentado resultados positivos para a Covid-19, para além de alguns dos seus familiares e 24 pessoas sem ligações com a fábrica.

«Vemos que a situação está a melhorar de dia para dia, mas como precaução, vamos esperar que sejam realizados mais testes e depois decidiremos se podemos levantar as restrições», disse Laschet numa conferência de imprensa esta segunda-feira.

pub

Comentários
Loading...