Country Brand Awards: Portugal é eleita a melhor marca turística da Europa e a terceira a nível mundial

Os Country Brand Awards, correspondentes à categoria de promoção do turismo, reconhecem, na sua primeira edição, o trabalho de construção da marca país face ao atual período actual. Portugal lidera o ranking Europeu dos melhores países na promoção do turismo, e conquista o terceiro lugar mundial, tendo a gestão da crise do Covid-19 sido um fator importante na votação dos jurados.

O Dubai foi o mais bem avaliado a nível mundial (nota média 7,75 em 10). O seu trabalho de comunicação com a campanha “Ready when you are”, assim como a integração de rígidos protocolos sanitários durante a pandemia reconhecidos pela WTTC, foram a base deste reconhecimento. Em seguida, Austrália (7,5) e Portugal (7,37), que asseguram os segundo e terceiro lugar, respetivamente, na categoria de promoção turística. Espanha, entretanto, ficou de fora do pódio, com uma pontuação de 7 em 10.

Em relação aos resultados por continentes o júri dá uma média em 10: Portugal (7,37) foi o país premiado com a primeira posição na Europa, seguido por França (7,25) e Itália (7,12). Na Ásia, Médio Oriente e Oceania, o Dubai (7,75) também lidera, à frente da Austrália (7,5) e Nova Zelândia (7,25). Já o Quénia (6,37) foi o vencedor do continente africano, enquanto Marrocos (6,25) e Egipto (5,62) ocupam as segundas e terceiras posições, respetivamente. Por último, no continente americano, o Canadá (5,75) foi premiado com o primeiro lugar, seguido pela Colômbia (5,5) e Chile (5,37) e Argentina (5,37), empatados na terceira posição.
Baseados num rígido processo de seleção e num sistema de votações, os Country Brand Awards avaliam os países com base em três categorias:
  • a capacidade de gerar marca económica que inclui a atração de investimento, o fomento das exportações e a atração de talento;
  • a construção da marca turística, condicionada pela capacidade de atrair turistas e gerar movimentação económica, somando-se ainda os conceitos intangíveis da marca país, como o fator de influência de empresas e marcas emblemáticas, os seus habitantes, a sua cultura e a influência de questões políticas e jurídicas;
  • a gestão da crise do COVID-19 onde ganha maior protagonismo a forma como os países e as marcas protegem os cidadão. Assim, o reconhecimento dos critérios de promoção turística resulta de uma análise exaustiva das melhores campanhas de promoção do turismo nos últimos três anos e de como a atual crise sanitária tem sido gerida no terreno.

O júri composto, entre outros, por Didier Lagae, especialista em Country Branding, Gema Barón, Academic directora de Marketing da Universidade de Nebrija, John Harrington e Arvind Hickman, chefe de redação e editor da PRWeek UK, respetivamente, Paul Holmes, fundador da Provoke, Holmes Report e SABRE Awards; Miguel López Quesada, presidente da Dircom, Rodrigo Villamizar-Alvargonzález, Embaixador e ex-Ministro de Energia da Colômbia, e Fathallah Sijilmassi, Embaixador de Marrocos, ex-Secretário Geral da Agência Marroquina de Desenvolvimento e Investimento (AMDIE) e ex-Secretário Geral da União pelo Mediterrâneo (UfM), avaliou os países durante os meses de setembro e outubro, considerando as campanhas de promoção turística dos últimos três anos e a gestão sanitária da COVID-19 durante a primeira vaga.

Luís Araújo, Presidente do Turismo de Portugal, referiu em comunicado que «é com particular orgulho que vemos o trabalho do Turismo de Portugal reconhecido no estrangeiro, especialmente neste ano excecional. Face aos impedimentos que têm afetado a nossa indústria, o Turismo de Portugal tem implementado, desde o início, medidas para minimizar o impacto da redução temporária dos níveis de procura no turismo, apostando numa promoção ajustada ao momento, em ações pontuais em diversos mercados e, sobretudo, procurando reforçar a confiança no destino. Esta é a nossa mensagem: Portugal permanece autêntico, diverso, atractivo, inclusivo e seguro. Mantém o propósito e o compromisso de bem receber, de respeitar as diferenças e hoje, mais do que nunca, de garantir a todos que podem viajar pelo país, com segurança e confiança. Estamos à sua espera!».


Comentários
Loading...