Coronavírus: Autarquias em alerta para que não falte sabão nas escolas

Colégio Estadual Benedito Joao Cordeiro no Bairro Sitio Cercado, professores falam sobre hora atividade. 29-07-13. Foto: Hedeson Alves

Ainda não existem directrizes para que as escolas adoptem procedimentos diferentes dos habituais no que respeita à prevenção de infecções e não se perspectiva que tal venha a acontecer, pelo menos para já, quanto ao novo coronavírus, adiantou ao Público a assessora de comunicação da Direcção-Geral de Saúde (DGS), uma informação também corroborada por directores.

“As directrizes que nos chegaram são no sentido de, para já, continuarmos a seguir os procedimentos de sempre. Sendo assim, aquilo que nos é pedido é que nos asseguremos que há sempre sabão disponível nas casas de banho.”, informa a sub-diretora do Agrupamento de Escolas Vergílio Ferreira, em Lisboa, Luísa Santos.

O abastecimento destes bens aos jardins-de-infância e escolas do 1.º ciclo é da responsabilidade das autarquias.

Ao gabinete do vereador responsável pela Educação na Câmara Municipal de Lisboa (CML), não foi ainda reportada “nenhuma lacuna no fornecimento de recursos para lavar as mãos nas escolas que estão sob a alçada” da autarquia, afirma ao Público o seu assessor, garantindo que se for necessário a CML procederá a “um reforço de stocks” para assegurar “o cumprimento das recomendações” existentes.

Fonte da Câmara Municipal de Almada dá conta ao mesmo jornal de que, “no âmbito das indicações da DGS, a autarquia está a contactar todas as escolas do concelho no sentido de verificar se está assegurada cobertura total das necessidades dos consumíveis que garantam as medidas de prevenção a adoptar para, se for o caso, efectuar diligências imediatas para as suprir”.

A Câmara de Setúbal aponta no mesmo sentido: “Estamos a assegurar que todas as escolas sob nossa responsabilidade tenham informações sobre lavagem das mãos e vamos instalar desinfectantes.”

Do concelho de Cascais, um dos municípios com mais competências na área da educação, vem uma resposta taxativa: “As escolas têm os recursos para a lavagem das mãos.”

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
#Ensaio – Mercedes-Benz GLC 220d – A medida perfeita