Companhia aérea Norwegian diminui prejuízo para 101 milhões de euros até março

A companhia aérea Norwegian anunciou hoje que o prejuízo diminuiu 13% no primeiro trimestre deste ano, para 1.034 milhões de coroas norueguesas (101 milhões de euros), face a igual período do ano anterior.

O resultado negativo foi, contudo, marcado pelas restrições de viagens impostas pelos governos por causa da pandemia de covid-19, apesar do levantamento progressivo das medidas a partir de meados de fevereiro, que levaram a uma recuperação do negócio na reta final do primeiro trimestre deste ano, realça a companhia aérea de baixo custo norueguesa em comunicado.

O prejuízo operacional líquido (Ebit), por sua vez, foi de 849 milhões de coroas norueguesas (83 milhões de euros), menos 42% em termos homólogos, sendo que a companhia aérea também referiu que o aumento dos preços dos combustíveis foi um “fator importante” na contabilização do resultado.

O volume de negócios, entretanto, ascendeu a 1.916 milhões (186 milhões de euros), seis vezes superior ao registado no ano anterior.

A Norwegian transportou 2,2 milhões de passageiros no primeiro trimestre deste ano, contra 200.000 passageiros nos primeiros três meses do ano passado.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.