Céus portugueses voltam a ter tráfego. Estas companhias avançam hoje

Esta quarta-feira os céus voltam a estar mais ocupados. A reabertura do espaço aéreo está a ser aguardado com grande expectativa pelos vários agentes que dependem do setor da aviação mas também pelos governos, sobretudo os que têm as suas economias alicerçadas no turismo, estão de olhos postos nos céus.

Entre as companhias que retomam hoje ou, progridem, na sua atividade está a Qatar Airways. A companhia vai retomar gradualmente os destinos suspensos e frequências adicionais, e hoje retoma os voos para Portugal. Um plano em linha com o relaxamento expectável das restrições de entrada nos países com foco em destinos-chave globais e ‘hubs’ de parceiros.

A partir de hoje, a Qatar passa a oferecer quatro voos semanais na rota Lisboa-Doha durante julho e agosto.

Também a Azores Airlines, do grupo SATA, retoma as ligações aéreas entre o Porto e Ponta Delgada, bem como as ligações internacionais a Boston, Toronto, Praia (Cabo Verde) e Frankfurt

Já a transportadora aérea espanhola Iberia retoma os seus voos de curta e média para 40 destinos em Espanha e na Europa, entre os quais Lisboa e Porto. As companhias aéreas do grupo oferecem voos para 15 destinos: Atenas, Bruxelas, Dubrovnik, Genebra, Lisboa, Londres, Milão, Munique, Porto, Paris, Roma, Estocolmo, Veneza e Zurique, assim como Dakar no continente africano.

A 28 em agosto os voos vão estender-se a Berlim, Bolonha, Copenhaga, Dublin, Faro, Frankfurt, Lyon, Manchester, Marselha, Praga, Santorini e Toulouse, assim como Marraquexe no Norte de África.

A KLM, por seu turno, retoma hoje ligação Porto-Amesterdão e reforça operação em Lisboa. A companhia aérea KLM – Royal Dutch Airlines retoma a ligação Porto-Amesterdão (Schiphol) e reforça a operação em Lisboa, passando de um para dois voos diários.

A rede europeia da KLM vai ter ainda novos destinos como Alicante (Espanha), Bilbau (Espanha), Bolonha (Itália), Ibiza (Espanha), Istambul (Turquia), Nice (França), Catânia (Itália) ou Split (Croácia).

Este mês, esta rede vai abranger 73 destinos, acima dos 30 registados em maio e dos 45 esperados em junho.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...