CEO do JP Morgan vê taxas de juro a disparar acima dos 5%. Recente redução vem de “fatores temporários”

O CEO do JP Morgan Chase, Jamie Dimon, espera que as taxas de juros ultrapassem os 5%. A inflação alta e os esforços dos Bancos Centrais para a controlarem podem fazer disparar os números ainda mais do que o previsto.

“Na verdade, acho que as taxas provavelmente vão ultrapassar 5%… há muita inflação subjacente, que não vai desaparecer tão rápido”, disse Jamie Dimon, de acordo com a ‘Reuters’.

O CEO do JP Morgan Chase acredita que a recente redução da inflação vem de fatores temporários, como uma retração nos preços do petróleo e uma desaceleração na China devido à pandemia.

As previsões da Reserva Federal norte-americana apontavam em dezembro para uma taxa na faixa dos 4,25% a 4,50%, podendo ultrapassar os 5% até ao final de 2023, podendo permanecer neste valor durante algum tempo.

A Fed vai continuar a pressionar com aumentos das taxas de juros para manter a inflação sob controlo, mesmo quando a economia norte-americana mostra sinais de desaceleração.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.