CEO da Vodafone Nick Read deixará o cargo depois de um ano marcado por queda nas ações

O CEO do grupo Vodafone, Nick Read, irá deixar o cargo até ao fim do ano, sendo substituído interinamente pala sua diretora financeira, Margherita Della Valle, que vai acumular os dois cargos até ser encontrado um novo CEO, segundo comunicado da empresa.

Read deixará o cargo depois de um ano em que a empresa viu as suas ações descerem substancialmente em bolsa, bem como várias fusões a não acontecerem, nomeadamente a finalização de acordos que teriam permitido reduzir o número de operadores em mercados cruciais para a empresa, como o Reino Unido, Itália e Espanha.

Sublinha-se que o antigo CEO liderou o grupo de telecomunicações móveis durante a pandemia e, nesse contexto, também vendeu ativos para aumentar o seu foco na Europa e na África, ao mesmo tempo que transferia os negócios de infraestrutura de torres para uma unidade separada.

Apesar de todas estas mudanças, as ações caíram mais de 40% desde que Read assumiu o cargo em outubro de 2018, negociando no mesmo nível de há duas décadas, isto num ano em que a queda foi de mais de 18%.

De acordo com o comunicado, o responsável será conselheiro do grupo até ao final de março de 2023. Já Margherita Della Valle terá como objetivo principal acelerar a execução da estratégia da empresa para melhorar o desempenho operacional e gerar valor para o acionista, isto enquanto o  conselho de administração da empresa inicia um processo para encontrar um novo CEO para a Vodafone.

Na mesma nota, Nick Read refere que: “Tem sido um privilégio passar mais de 20 anos da minha carreira na Vodafone e estou orgulhoso do que oferecemos aos clientes e à sociedade em toda a Europa e África. Concordei com o Conselho de Administração que este é o momento certo para passar o cargo a um novo líder que possa aproveitar os pontos fortes da Vodafone e capturar as oportunidades significativas que se avizinham”.

Nos primeiros minutos após o anúncio, as ações da empresa subiram 2,24%. Neste momento, os títulos valorizam 0,16% para 91,29 libras (106,28 euros) e o valor em bolsa da empresa é de 25.028,2 milhões de libras (29.106 milhões de euros).

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.