CEO da maior cervejeira do Mundo está de partida. Quem se segue ao leme da AB InBev?

Carlos Brito vai deixar o cargo de Chief Executive Officer da AB InBev depois de 15 anos na liderança do maior produtor de cerveja a nível mundial. O gestor brasileiro será sucedido por Michel Doukeris, que desempenha atualmente funções como presidente do grupo para América do Norte. A mudança acontece a 1 de julho.

Segundo o Financial Times, a saída de Carlos Brito representa o fim de uma era na indústria cervejeira no seu todo. Além de Carlos Brito, também Jean-François van Boxmeer deixou o cargo de CEO da Heineken no passado, sendo que ambos ficaram conhecidos por ajudarem a consolidar o setor nomeadamente através da aquisição de players regionais.

No que à AB InBev diz respeito, conclui ainda um período de mudanças na estrutura de liderança, que já tinha sido iniciado com a saída do diretor financeiro Felipe Dutra e do chairman Olivier Goudet.

«Brito foi o arquiteto que liderou e tornou a AB InBev a empresa cervejeira líder a nível mundial e que a transformou numa companhia líder nos bens de consumo ao integrar, com mestria, os vários negócios que engloba atualmente», afirma Martin Barrington, chairman da AB InBev, citado pela mesma publicação.

Michel Doukeris, o novo CEO, tem pela frente, contudo, um desafio significativo tendo em conta o contexto de pandemia. O responsável terá de conseguir dar continuidade ao percurso de crescimento em contraciclo que a AB InBev tem registado: as receitas do primeiro trimestre deste ano saltaram 17,2% para 12,3 mil milhões de dólares. O volume de cerveja vendida também aumentou 13,3%.



Comentários
Loading...