Centeno diz que Portugal já terá atingido o pico da inflação e espera aumento de 0,50 nos juros em dezembro

O Governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, disse esta segunda-feira que acredita que o pico da inflação já terá passado em Portugal, e estima que na próxima reunião do Banco Central Europeu se observe um aumento de 0,50 nos juros.

Mário Centeno afirma que, depois de duas subidas consecutivas de 0,75 pontos base, é necessário dar um sinal de moderação ao mercado e, como tal, acredita numa subida menos agressiva da taxa de juro por parte do BCE, disse em entrevista à ‘Renascença’.

“Não é de excluir que possa existir uma revisão em baixa já no ano de 2023 das Euribor que hoje pagamos. Assim como já atingimos o pico da inflação, assim já tenhamos atingido o pico das taxas de juro e elas comecem gradualmente a descer”, afirma Mário Centeno, sublinhando, no entanto, que estas não vão voltar aos níveis de 2022 ou taxas negativas, embora não espera uma subida aos 3%. “Não podemos voltar a esse tipo de taxas”, sublinha na entrevista.

No entanto, admite o Governador do Banco de Portugal, para que se verifique esta possibilidade, são necessários dois fatores, um deles é que não haja surpresas adicionais (como aconteceu com a situação da guerra na Ucrânia) e se os mecanismos de transmissão forem efetivamente colocados no mercado.

Mário Centeno explica na entrevista à ‘Renascença’ que, “se olharmos hoje para as taxas de futuros, daquilo que são as decisões esperadas pelo BCE, nós temos para dezembro um aumento mais reduzido do que aquilo que aconteceu nas últimas duas reuniões. Ou seja, os mercados esperam esse aumento mais reduzido”.

O ex-Ministro das Finanças sublinha que assistiremos a uma descida moderada, mas exclui a possibilidade de uma decisão que aponte para os 0,25. A decisão tomada na reunião de dezembro do BCE poderá mostrar um suavizar do perfil dos aumentos das taxas até atingirmos um ponto que estamos muito próximo desse ponto de valor máximo.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.