Casio ganha novo ímpeto com o “efeito Shakira”. Conheça a história única desta empresa

O ícone colombiano da Pop, Shakira, acabou a sua relação com o antigo futebolista Gerard Piqué e desde essa altura ambos têm trocado provocações mútuas em diversas plataformas. Entre elas inclui-se a mais recente música da cantora, onde esta fala de várias marcas internacionais. É o caso da Casio, que viu o seu número de seguidores nas redes sociais aumentar em 60% depois desta referência musical, o que nos dá a desculpa perfeita para conhecer melhor esta marca.

A empresa de relógios e calculadoras foi criada em 1949 por Tadao Kashio, que começou por trabalhar numa fábrica enquanto terminava os seus estudos na Waseda Koshu Gakko (atual Waseda University), em Tóquio.

A fábrica onde Kashio trabalhava produzia panelas e frigideiras, bem como lâmpadas para bicicletas, e permitiu-lhe ganhar alguma experiência no negócio fabril e contratos com fornecedores de peças.

Mais tarde, em 1946, e juntamente com os irmãos, abriu uma empresa chamada Kashio Seisakujo, em Mitaka, Tóquio, para consertar máquinas emissoras de bilhetes de avião e máquinas de aeroportos. Um dia foi-lhes pedido que consertassem uma grande calculadora de um aeroporto, o que inspirou Kashio a produzir uma máquina semelhante mas mais pequena.

E foi assim que, em 1949, Kashio abriu a sua primeira fábrica de calculadoras. Oito anos depois, os irmãos fundaram a empresa CASIO e nomearam o pai, Shigeru, como presidente. A partir dessa altura, a empresa projetou e fabricou calculadoras de vários formatos até chegarem às atuais, as eletrónicas.

Tadao Kashio tinha também curiosidade em outras áreas e em 1969 criou o seu primeiro relógio, sendo que segundo o jornal espanhol ‘El Economista’ foi uma das primeiras marcas a tentar produzir relógios digitais. Onze anos depois, os relógios já tinham mais uma característica, uma calculadora incorporada.

Kashio morreu em 1993, mas a empresa continuou, bem como a tentativa de desenvolver a tecnologia. Em 2022, o jornal espanhol adianta que a marca registou vendas superiores a 1,9 mil milhões de dólares (1,75 mil milhões de euros), sendo o principal mercado a Ásia, representando 42,4% do volume de negócios.

A Europa é responsável por cerca de 18,8% das vendas e os Estados Unidos atingem 13,5%.

Das vendas totais, e relativamente ao ano passado, a marca anunciou que os relógios representaram 60,3%, de entre todos os produtos produzidos.

Na música, a estrela da pop diz ao antigo companheiro: “Cambiaste un Rolex por un Casio”. Não se sabe se Gerard Piqué prefere a troca mas o “efeito Shakira” permitiu-nos conhecer melhor um negócio de sucesso que a vingança da cantora traz de novo à ribalta.

Kim Kardashian adquire em leilão famoso colar da princesa Diana por quase 200 mil dólares

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.