Carrie Symonds tem COVID-19: a noiva grávida de Boris Johnson diz estar infectada

Carrie Symonds está em casa a descansar há já sete dias com sintomas da COVID-19. A noiva de Boris Johnson diz estar infectada com a mesma doença que atingiu o primeiro-ministro britânico, segundo adianta o Daily Mail. No entanto, não fez nenhum teste que confirme o seu estado de saúde.

Numa publicação partilhada no Twitter, Carrie Symonds conta: «Passei a última semana na cama com os principais sintomas do coronavírus. Não precisei de ser testada e, depois de sete dias de repouso, sinto-me mais forte.»

«Estar grávida com COVID-19 é, claro, preocupante. Para outras mulheres grávidas, por favor leiam e sigam as orientações mais actualizadas, que eu considerei serem tranqulizadoras», afirma ainda Carrie Symonds.

No Reino Unido, o número de casos de infectados ultrapassa os 40 mil, verificando-se ainda mais de quatro mil vítimas mortais. Na passada sexta-feira, o primeiro-ministro entrou em isolamento devido a sintomas associados ao COVID-19, estando previsto o fim da quarentena para ontem. No entanto, sete dias depois de ter testado positivo, Boris Johnson confirmou que continua com febre e que, por isso, permanecerá em casa.

«Embora me esteja a sentir melhor, e tenha feito sete dias de isolamento, ainda tenho um dos sintomas, um pequeno sintoma. Ainda tenho febre», disse Boris Johnson. «Então, em linha com os conselhos do Governo, devo continuar o isolamento até que esse sintoma desapareça.»

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...