Caroline Flack, Billie Eilish e Maisie Williams: as celebridades mais «perigosas» para pesquisar online

A estrela de reality shows Kim Kardashian perdeu o título de «celebridade mais ‘perigosa’ para se pesquisar na Internet» para Caroline Flack, a apresentadora do programa Love Island, de acordo com uma empresa especializada em segurança de redes.

A McAfee, que fez a lista para o Reino Unido, calculou o número de resultados de pesquisas com o seu nome e, ao mesmo tempo, aqueles que têm ligações a websites considerados maliciosos e com vírus. 

Enquanto Flack vai à frente da lista, Kardashian – a «mais perigosa» de 2018 – caiu para o 26.º lugar da tabela.

Percorra a fotogaleria abaixo e saiba quais as 10 celebridades cujos nomes não são aconselhados à pesquisa online:

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nescafé Dolce Gusto abre casa pop-up só para amantes de café
Automonitor
SEAT Mii electric quase a chegar