Carlyle avalia venda de posição na portuguesa Logoplaste

O grupo Carlyle está a analisar o futuro da portuguesa Logoplaste, na qual detém uma participação desde 2016, não excluindo a possibilidade de venda da sua posição, cuja avaliação poderá rondar mil milhões de euros, avançou hoje a Bloomberg.

De acordo com a agência, o grupo já contactou o Barclays Plc e o Goldman Sachs para se aconselhar sobre o negócio.

Caso a Carlyle opte pela venda, o processo poderá iniciar-se após o verão, atraindo o interesse de outras empresas que também operam no segmento das embalagens plásticas, indicaram as fontes consultadas pela Bloomberg.

A agência financeira contactou também o grupo Carlyle, o Barclays e o Goldman Sachs, que se escusaram a comentar o processo.

Fundada em 1976, a Logoplaste tem clientes como o grupo alimentar Kraft Heinz, a produtora de álcool Diageo Plc e a fabricante de cosméticos L’Oreal.

No total, a empresa detém mais de 60 unidades industriais em 16 países, gerando receitas superiores a 500 milhões de euros.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...