Capgemini Engineering tem nova Managing Director para Portugal e Tunísia

EXECUTIVE DIGEST CONTENTS

Maria da Luz Penedos assume a liderança da submarca Capgemini Engineering, líder em engenharia, investigação e desenvolvimento (EI&D), ficando responsável pelos mercados de Portugal e Tunísia. Com uma experiência de quase 30 anos, no mercado nacional e internacional, a até agora Head of Operations & Delivery da marca sucede a Bruno Casadinho, que ocupará o cargo de Managing Director da região da Ásia-Pacífico.

Na empresa desde 2001, Maria da Luz Penedos é licenciada em Engenharia Informática pela Universidade Nova de Lisboa e realizou diversas formações e especializações adicionais, em Gestão, Liderança e Marketing.

Tendo iniciado o seu percurso na Finacom, como Software Engineer, a gestora assumiu, logo depois, a posição de Head of Operations, primeiro da Ncubo e depois da Global N Brasil, que acabou por ser adquirida pela Altran. Ao serviço desta última, que faz agora parte do Grupo Capgemini desde 2020, começou por liderar, em 2004, áreas como a Global Program Office, BID & Quality, Marketing & Communications, e foi, em 2013, responsável pela criação do Global Engineering Center (GEC) em Portugal e, em 2020, pela integração do GEC Tunísia.

Com cerca de 52 mil engenheiros e cientistas em mais de 30 países, que actuam em sectores como Aeronáutica, Automóvel, Caminhos de Ferro, Telecomunicações, Energia, Ciências da Vida, Semicondutores, Software & Internet, Espaço & Defesa e Produtos de Consumo, a Capgemini Engineering é detentora de um vasto leque de profundos conhecimentos sobre a indústria, as tecnologias digitais e o software de vanguarda.

Assim, e para a profissional, «o futuro será marcado pela continuidade – na forma como na Capgemini Engineering se vive diariamente com responsabilidade o nosso propósito perante as nossas pessoas, os nossos clientes e a comunidade». Para a nova responsável, «isto é especialmente relevante numa altura em que as principais empresas, dos mais variados sectores de actividade, perceberam que a engenharia, a investigação e o desenvolvimento estão a evoluir a um ritmo muito rápido e que precisam de um parceiro capaz de as apoiar – seja no desenvolvimento, na comercialização, na gestão ou na criação e evolução de produtos inovadores. É um orgulho para mim assumir estas funções, mas é, sobretudo, uma enorme responsabilidade na marca, que já é reconhecida como líder mundial pelos seus serviços globais de EI&D, que está presente nos principais hubs à escala global, e que agora queremos fazer conhecer e crescer também em Portugal», conclui.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.