Bolsas europeias em baixa a seguir tendência do mercado de Wall Street

As principais bolsas europeias negociavam hoje de manhã em baixa, a seguir a tendência do mercado de Wall Street verificada na quarta-feira.

Às 09:25 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava a cair 0,85% para 453,63 pontos.

As bolsas de Londres, Paris e Frankfurt desciam 0,56%, 0,69% e 0,86%, bem como as de Madrid e Milão que se desvalorizavam 1,02% e 0,86%, respetivamente.

Depois de abrir a cair, a Bolsa de Lisboa mantinha a tendência e às 09:25 o principal índice, o PSI, recuava 1,46% para 5.881,15 pontos.

As bolsas europeias estavam hoje a ser arrastadas pela tendência de baixa do mercado de Wall Street, que na quarta-feira terminou com fortes perdas depois de terem sido divulgados resultados piores que o esperado das vendas a retalho nos EUA, além do grande número de despedimentos anunciados pela Microsoft e pela Amazon.

Também influenciou no ânimo dos investidores as opiniões de dois responsáveis da Reserva Federal dos EUA (Fed) que defenderam a continuação da política agressiva de subidas das taxas de juro.

Contudo, segundo o Livro Bege da Fed, as perspetivas de moderação de preços nos EUA para os próximos meses são boas, um comentário que analistas citados pela Efe referem que poderia antecipar uma moderação das subidas das taxas de juro.

Hoje, o Banco Central Europeu (BCE) publica as atas da reunião de 15 de dezembro, durante a qual subiu as taxas de juro em meio ponto percentual para 2,5% e afirmou que as taxas de juro ainda teriam que subir significativamente a um ritmo sustentável.

A agência de estatística comunitária Eurostat publica hoje dados do PIB e os respetivos agregados do terceiro trimestre de 2022 na zona euro, bem como dados do emprego.

Depois de ter estado fechada na segunda-feira devido ao feriado nacional nos EUA do Dia de Martin Luther King, a Bolsa de Nova Iorque terminou em baixa na quarta-feira, com o Dow Jones a recuar 1,81% para 33.296,96 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro de 2022.

O Nasdaq fechou a desvalorizar-se 1,24% para 10.957,01 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro de 2021.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0817 dólares, contra 1,0796 dólares na quarta-feira, 1,0849 dólares em 12 de janeiro, um máximo desde abril de 2022, e 0,9585 dólares em 27 de setembro, um mínimo desde junho de 2002.

O euro está a cotar-se acima da paridade face ao dólar desde 07 de novembro, depois de ter estado abaixo da paridade desde 20 de setembro, com exceção para o dia 26 de outubro (1,0076 dólares).

O barril de petróleo Brent para entrega em março de 2023 abriu em baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 84,28 dólares, contra 84,98 dólares na quarta-feira.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.