Bolsas europeias em alta, à espera das atas do BCE e com Wall Street fechada

As principais bolsas europeias estavam hoje em alta, com os investidores à espera da publicação das atas da última reunião do Banco Central Europeu (BCE), numa sessão que não vai contar com Wall Street, fechada devido ao Thanksgiving Day.

Às 08:55 em Lisboa, o EuroStoxx 600 estava a subir 0,08% para 439,17 pontos.

As bolsas de Paris e Frankfurt valorizavam-se 0,41% e 0,57%, bem como as de Madrid e Milão, que subiam 0,32% e 0,24%, respetivamente.

Londres era a exceção, já que recuava 0,10%.

Depois de abrir a subir, a Bolsa de Lisboa mantinha a tendência e às 08:55 o principal índice, o PSI, avançava 0,28% para 5.885,70 pontos.

Na quarta-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou em alta, depois de terem sido divulgadas as atas da última reunião da Reserva Federal dos EUA (Fed), que apontam para uma moderação do ritmo dos próximos aumentos das taxas de juro nos Estados Unidos.

Na China, o aumento de mortes relacionadas com a covid-19 e de contágios com o novo vírus levaram as autoridades a endurecer as restrições nalgumas zonas do país, incluindo novos confinamentos.

Neste contexto, as bolsas europeias abriram em alta, pendentes da publicação das atas do BCE e da publicação dos indicadores de clima empresarial na Alemanha do instituto alemão IFO.

No mercado da dívida, os juros continuavam hoje a cair, depois do forte recuo na quarta-feira depois da publicação das atas da Fed.

Na quarta-feira, a Bolsa de Wall Street terminou em alta, com o Dow Jones a subir 0,28% para 34.194,06 pontos, contra o máximo desde que foi criado em 1896, de 36.799,65 pontos, registado em 04 de janeiro deste ano.

O Nasdaq fechou a valorizar-se 0,99% para 11.285,32 pontos, contra o atual máximo, de 16.057,44 pontos, verificado em 16 de novembro do ano passado.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0412 dólares, contra 1,0364 dólares na quarta-feira, e 0,9585 dólares em 27 de setembro, um mínimo desde junho de 2002.

O euro está a cotar-se acima da paridade face ao dólar desde 07 de novembro, depois de ter estado abaixo da paridade desde 20 de setembro, com exceção para o dia 26 de outubro (1,0076 dólares).

O barril de petróleo Brent para entrega em janeiro de 2023 abriu com tendência descendente no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 85,04 dólares, contra 85,41 dólares na quarta-feira e 81,34 dólares em 26 de setembro, um mínimo desde fevereiro deste ano (antes do início da invasão da Ucrânia pela Rússia).

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.