Bitcoin caiu esta madrugada abaixo dos 30.000 dólares, o valor mais baixo desde julho de 2021

Durante a madrugada desta terça-feira, a Bitcoin caiu abaixo dos 30.000 dólares durante breves instantes, o valor mais reduzido de há quase um ano, desde julho de 2021, devido aos receios sobre o cenário económico.

Segundo dados do CoinMarketCap, a criptomoeda mais negociada do mundo atingiu os 29.961 dólares durante breves momentos para logo de seguida voltar a superar o marco de 30.000 dólares.

 

Fonte: CoinMarketCap

 

Há momentos, a Bitcoin recuava 2,7% para 31.323 dólares, tendo voltado a superar os 30.000 dólares mas mantendo a tendência de queda.

Em novembro do ano passado, a Bitcoin chegou perto dos 69.000 dólares, o seu máximo recorde, o que representa um aumento de cerca de 60% face aos valores atuais.

Na segunda-feira, a criptomoeda já tinha atingido a fasquia dos 33.500 dólares (cerca de 31.860 euros), uma quebra significativa no valor, que no dia 5 de maio esteve acima dos 39.000 dólares (cerca de 37.090 euros).

Análise da corretora XTB aponta que “o mercado das criptomoedas tem experienciado grande volatilidade nos últimos dias, e o sell-off despoletou preocupações sobre o risco de recessão e crescente inflação”, acrescentando que “estes fatores fizeram os índices de ações caírem uma vez mais, arrastando com eles o mercado das criptomoedas”.

De acordo com a XTB, alguns analistas acreditam que os mercados de critptomoedas poderão vir a recuperar a tendência de alta, mesmo num quadro de aumento da inflação, embora as quedas recentes apontem na direção contrária, sendo que também outras moedas digitais têm sofrido quebras semelhantes.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.