Bancos pedem 793,5 milhões ao BCE a taxas negativas no quarto leilão em tempos de pandemia

Os bancos europeus solicitaram 793,5 milhões de euros de liquidez ao Banco Central Europeu (BCE) na quarta operação de refinanciamento de longo prazo (PELTRO – operações de refinanciamento de prazo alargado de emergência pandémica), o que representa menos de um quinto dos fundos solicitados no terceiro leilão, realizado em agosto, avança a ‘Europa Press’.

O BCE anunciou os leilões PELTRO, já a 30 de abril, como parte do novo pacote de medidas de liquidez para os bancos, além das compras convencionais de títulos (QE). Mensalmente, realizam-se no total sete operações PELTRO.

Treze entidades assistiram ao leilão desta quarta-feira, pelo que a liquidez média solicitada foi de 61,03 milhões de euros. Os recursos serão repassados ​​esta quinta-feira e o prazo de vencimento é 26 de agosto de 2021. A taxa de juros aplicada é de -0,25%.

A próxima operação Peltro será no dia 6 de outubro, e o prazo de validade também será 26 de agosto de 2021.

Por outro lado, esta quarta-feira também ocorreram dois leilões de liquidez em dólares, no âmbito do acordo de swap que o BCE tem com a Federal Reserve dos Estados Unidos (Fed).

Apenas uma entidade compareceu ao leilão que decorre três vezes por semana com prazo de sete dias e solicitou 30,3 milhões de dólares (25,54 milhões de euros. Ao leilão com prazo de 84 dias também compareceu uma só entidade e solicitou 40 milhões de dólares (33,71 milhões de euros). A taxa de juro aplicada é de 0,34% e 0,32%, respetivamente.

 

 

 

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...