Autoridades vão vigiar praias neste fim-de-semana. Vêm aí temperaturas de Verão

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) vai mobilizar todos os meios para as praias neste fim-de-semana, incluindo elementos do Instituto de Socorros a Náufragos, Polícia Marítima e capitais, para evitar comportamentos de risco da população, revela o “Jornal de Notícias” (JN).

Em declarações ao “JN”, o comandante Fernando Pereira da Fonseca lembrou que, apesar das temperaturas elevadas, «não está aberta a época balnear». Só a 6 de Junho e, até lá, não haverão nadadores-salvadores nem dispositivos de segurança.

«Sempre que forem desrespeitadas as normas instituídas, o dispositivo irá actuar, mas sempre numa postura construtiva», sublinhou ainda.

A própria Direção-Geral da Saúde (DGS) já veio recomendar, numa nota publicada esta sexta-feira no seu portal, que a população adopte medidas para se proteger do calor, principalmente as crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com actividade no exterior, praticantes de actividade física e pessoas isoladas.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê que os termómetros ultrapassem os 30 graus na generalidade do território a partir de domingo.

Portugal regista já 1.277 óbitos associados à Covid-19 em 29.912 casos confirmados de infecção, segundo o último boletim diário da DGS.

O país entrou no dia 3 de Maio em situação de calamidade devido à pandemia de Covid-19, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de Março. Esta nova fase prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância activa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias “France-Presse”, a pandemia de Covid-19 já provocou quase 330 mil mortos e infectou mais de cinco milhões de pessoas em 196 países e territórios.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Praias abrem a 6 de Junho. Conheça as novas regras

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...