pub

Até lhe chamam ‘dinheiro grátis’. 50 maiores bancos do mundo à beira de duplicar a receita do ouro

Os 50 maiores bancos de investimento do mundo estão a caminho de duplicar a sua receita com metais preciosos, este ano, para cerca de 2,5 mil milhões de dólares, a maior parte proveniente de ouro, segundo apurou a Coalition, consultora para o setor da banca, em declarações à ‘Reuters’.

“Cerca de 1,2 mil milhões foi o pool de ganhos no ano passado. Este ano já ultrapassamos esse número ”, disse o diretor de pesquisa da Coalizão, Amrit Shahani.

As recompensas ‘chorudas’, que não foram relatadas anteriormente, marcam uma reversão assinalável da fortuna para os bancos de ouro. Em março, alguns tiveram que limpar centenas de milhões de dólares das suas carteiras de negócios enquanto a pandemia global ‘atrapalhava’ o fornecimento de barras de ouro.

Uma ruptura que viria a espalhar as sementes para a atual bonança, entendem os analistas.

Atingidos pelas perdas, muitos dos grandes bancos reduziram os seus limites de negociação na bolsa Comex CME.O em Nova Iorque, o maior mercado futuro de ouro, criando uma falta de liquidez que empurrou os preços lá para acima, muito além dos preços em Londres, o principal centro de negociação de ouro físico.

A divergência criou uma oportunidade lucrativa para os bancos que têm infraestrutura para comprar metal fora dos Estados Unidos e entregá-lo a Nova Iorque para lucrar com a diferença, especialmente durante uma pandemia, quando a procura dos investidores empurrou os preços do ouro para níveis recorde de cerca 2 mil dólares a onça.

As negociações reduzidas por grandes bancos também impulsionaram os preços de futuros com data posterior.

A confluência de eventos criou um ‘boom’ nos lucros da Comex, segundo detalharam fontes em bancos, corretoras e fundos à Reuters. “É dinheiro de graça”, disse um executivo de um dos maiores bancos de comércio de metais preciosos.

Mesmo os bancos que reduziram a atividade na Comex estão a ganhar mais dinheiro do que antes, garantem as fontes anónimas. “É o dobro do lucro da metade da posição”, disse um segundo banqueiro.

A Reuters apurou ainda que bancos, alguns fundos de hedge e gestores de ativos que faziam pouco ou nenhum negócio na Comex intensificaram as suas atividades, segundo fontes e dados do CME Group, que administra a bolsa Comex.

O CME fornece poucos dados mostrando a atividade de atores individuais em seu mercado, mas os números disponíveis mostram que bancos como Goldman Sachs GS.N , Morgan Stanley MS.N e Citi CN aumentaram o comércio de ouro em cofres registados na bolsa nos últimos meses, entregando metal ou aceitando barras que podem ser vendidas a termo.

Credores como Wells Fargo WFC.N , BNP Paribas BNPP.PA , Royal Bank of Canada RY.TO e Barclays BARC.L também fizeram ou receberam entregas de ouro contra contratos futuros após longos períodos de pouca ou nenhuma atividade.

 

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...