Aquecimento dos oceanos atinge níveis recorde. «Pior ainda está por vir», alerta OMM

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) alertou esta terça-feira que o aquecimento dos oceanos atingiu níveis recorde e que “o pior ainda está por vir”, uma vez que até 2100 o oceano pode vir a absorver muito mais calor do que já foi absorvido durante o último meio século, segundo o ‘La Vanguardia’.

Mesmo que seja possível conter o aquecimento global com um aumento de apenas mais dois graus, os oceanos vão absorver entre duas a quatro vezes mais calor do que na metade do século passado, podendo ir até sete vezes mais se esse limite (dos dois graus) for ultrapassado, destaca o organismo.

A entidade também alertou que o oceano absorveu entre 20% e 30% das emissões de dióxido de carbono nos últimos 40 anos, o que causa uma redução do oxigénio que afeta a biologia marinha, da mesma forma que provoca o aquecimento do mar.

“As repercussões destes factos durarão anos: o oceano tem uma memória muito longa, ainda mais longa do que a atmosfera”, disse a porta-voz da OMM, Clare Nullis, em conferência de imprensa esta terça-feira. A responsável adiantou ainda que o nível do mar subiu 15 centímetros no século 20 e continuará a subir devido ao degelo dos glaciares, que afetará 40% da população mundial, que vive a 100 quilómetros da costa.

Nullis também expressou a sua preocupação com as consequências que o degelo pode ter sobre o tráfego marítimo nas águas árticas, destacando que “menos gelo não significa menos perigo”, e por isso pediu aos governos que tomem medidas para reduzir essas tendências.


Artigos relacionados
Comentários
Loading...