Altice prevê 5G a chegar a 75% da população açoriana até ao fim de 2022

A Altice revelou hoje que pretende, até ao fim de 2022, chegar a 75% da população açoriana com a tecnologia 5G, através da ativação de “mais 22 estações móveis” para juntar às seis existentes.

A informação foi adiantada à Lusa pela empresa, no dia em que a presidente executiva da Altice Portugal, Ana Figueiredo, visitou a ilha de São Miguel, para anunciar uma “nova vaga de investimento em redes, tecnologia e inovação e iniciativas de apoio nas áreas da sustentabilidade e responsabilidade social”, nomeadamente nos municípios da Ribeira Grande, Ponta Delgada e Lagoa.

A perspetiva da empresa é investir oito milhões de euros nos Açores, este ano e em 2023, para “expansão da fibra ótica e modernização de toda a rede móvel do arquipélago”.

Por outro lado, “estão previstas, para os próximos dois anos, 14 novas estações da rede móvel para reforço de cobertura nas ilhas de Santa Maria, São Jorge, Faial, Terceira, Pico e São Miguel”.

“O compromisso que tem vindo a ser assumido entre a empresa e o Governo Regional coloca os Açores no topo das prioridades de investimento em inovação e infraestruturas”, indica a Altice.

Quanto aos investimentos hoje apresentados, a Ribeira Grande vai ter “um novo ‘site’ móvel na freguesia de Fenais da Ajuda e a ativação da rede 5G até ao final do ano 2022”.

Ainda segundo a empresa, Ponta Delgada, o maior município dos Açores, “vai passar a ter uma cobertura de fibra ótica superior a 95% e três novos ‘sites’ móveis nas freguesias de Santo António, Ajuda da Bretanha e Candelária”.

Lagoa vai passar a estar dotada “de uma cobertura de fibra ótica superior a 95% até final de 2022” e terá “três novos ‘sites’ móveis nas freguesias de Cabouco, Água de Pau e Lagoa, de forma a reforçar a cobertura de voz e dados móveis naquelas áreas e envolventes”.

“Para além das telecomunicações, redes e infraestruturas, a Altice Portugal identificou ainda como fulcrais para a sua intervenção o estabelecimento de parcerias empresariais, com a academia, assim como ações no âmbito da responsabilidade social que foram estabelecidas durante este périplo”, acrescenta a empresa.

Neste âmbito, foi feita uma parceria entre a Altice Labs e a Universidade dos Açores visando o estabelecimento “de ações de colaboração científico-tecnológica, começando pela cooperação ao nível da formação pós-graduada, estágios no âmbito de projetos colaborativos de I&D e intercâmbio de especialistas”.

Foi também renovada a parceria da cooperação entre a Altice Labs, a Altice Empresas e a NONAGON – Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel.

Ao Lar da Mãe de Deus e ao Centro Social e Paroquial da Fajã de Baixo foram oferecidos equipamentos tecnológicos.

“Consciente de que todos devem ter acesso à prática do desporto, dado que promove hábitos de vida saudáveis e melhora a qualidade de vida das pessoas, a Altice Portugal vai doar uma prancha de surf adaptado à Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande e duas pranchas da Liga MEO Surf ao Clube Naval de Rabo de Peixe”, refere ainda a empresa.

A visita da presidente executiva da Altice Portugal a São Miguel realizou-se no âmbito da conferência Tecnologia: A Próxima Geração, promovida pela empresa e realizada esta manhã em Ponta Delgada.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.