pub

Aeroporto de Roma é o primeiro do mundo a receber classificação máxima de segurança «anti-Covid»

O Aeroporto Fiumicino, em Roma (FCO) tornou-se no primeiro do mundo a receber a «Classificação de Aeroporto 5 estrelas COVID-19», por parte da Skytrax, um órgão internacional de avaliação da indústria aeroportuária, segundo a ‘CNN’.

Embora a Skytrax seja mais conhecida pelas suas classificações anuais dos melhores aeroportos do mundo, a crise de saúde pública global levou a organização a propor uma avaliação para higiene aeroportuária.

De acordo com um comunicado da Skytrax, citado pela ‘CNN’, a organização baseou a sua classificação «numa combinação de verificações de eficiência de procedimentos, análise de observação visual e testes de amostragem de Adenosina Trifosfato (ATP )», usados para verificar o nível de bactérias.

O Aeroporto Fiumicino, também conhecido como Aeroporto Internacional Leonardo Da Vinci, é o mais movimentado de Itália. A 1 de Setembro, foi inaugurado um centro de testes Covid de dois mil metros quadrados, que é co-administrado pela Cruz Vermelha italiana.

Mas não foi apenas um teste rápido e organizado que a Skytrax observou na sua análise. O aeroporto ganhou pontos por ter sinalização de fácil leitura em vários idioma; pela aplicação rigorosa do uso de máscara; por ter uma equipa de limpeza visivelmente presente; e pela eficiência devido à consolidação de todos os voos de entrada e saída num único terminal para facilitar o rastreamento.

Até agora, a Skytraxm sediada no Reino Unido, só conseguiu avaliar aeroportos europeus. Para além da classificação de cinco estrelas do FCO, três outros aeroportos receberam três estrelas pela resposta dada à Covid-10, como é o caso do Aeroporto Málaga-Costa del Sol (AGP) em Espanha, Aeroporto Nice Côte d’Azur (NCE) em França e Heathrow (LHR) em Londres.

De acordo com o sistema de classificação Skytrax , cinco estrelas significam «padrões muito elevados de limpeza do aeroporto e procedimentos de manutenção», enquanto que quatro estrelas é «bom» e três «médio». Duas estrelas, a classificação mais baixa possível, significa que os protocolos anti-Covid do aeroporto «têm de ser corrigidos».

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...