Accionistas da Nokia autorizam compra da Alcatel-Lucent

A francesa Alcatel-Lucent deverá passar para as mãos da Nokia já no primeiro trimestre do próximo ano, depois de os accionistas da Nokia terem aprovado a compra da empresa rival. O objectivo é fundir as duas tecnológicas de modo a que os accionistas da Nokia tenham dois terços da empresa e que as restantes acções fiquem para os donos da Alcatel-Lucent. A operação ascende aos 15,6 mil milhões de dólares (14,2 mil milhões de euros).

Conhecida maioritariamente pelos seus telemóveis, a Nokia vendeu há dois anos a sua unidade de equipamentos móveis à Microsoft. O negócio agora anunciado representa, por isso, mais um passo na aposta no sector das infra-estruturas de redes.



Comentários estão fechados.