A vida de Trump na Casa Branca

O livro revela em primeira mão, num relato sem precedentes e com detalhes nunca antes contados, a vida dentro da Casa Branca de Donald Trump. E como ele decide sobre as grandes questões da actualidade política nacional e internacional.

 

 

A Dom Quixote edita, na primeira quinzena de Novembro, o livro do prestigiado jornalista norte-americano Bob Woodward – um dos responsáveis pela investigação ao Caso Watergate que provocou a demissão do Presidente Nixon. Chega hoje, dia 11 de Setembro, às livrarias nos EUA.

Woodward acompanhou e investigou a fundo oito presidências, de Nixon a Barack Obama. Baseou a sua investigação em centenas de horas de entrevistas com fontes de informação em primeira-mão, e também em notas de reuniões, diários pessoais, ficheiros e documentos oficiais.

“Medo” conta ainda os debates explosivos e as tomadas de decisão na Sala Oval, na Situation Room, no Air Force One e na residência oficial da Casa Branca e garante ser o retrato mais íntimo de um presidente norte-americano em funções alguma vez publicado durante os seus primeiros anos no cargo.

 

Alguns comentários:

«Um retrato devastador da presidência Trump… Diversas vezes Woodward conta ao pormenor como a equipa de Segurança Nacional foi posta em causa pela falta de curiosidade e impreparação do presidente sobre os assuntos internacionais, e pelo seu preconceito em relação à opinião dominante das chefias militares e da inteligência.»
— Phillip Rucker e Robert Costa, The Washington Post

«Um retrato negativo da actual presidência.»
— David Martin, CBS News

«Um olhar sem precedentes sobre os bastidores, contado pelos colaboradores próximos do presidente… Impressionante.»
— CNN

«O devastador e bem documentado relato da presidência de Trump, que será consultado enquanto primeiro rascunho da sinistra história que narra. O que Woodward escreveu não é apenas a narrativa de um presidente profundamente incapaz, é também, por fim, a história de como os seus colaboradores mais próximos estão a lidar com isso.»
— Susan B. Glasser, The New Yorker

«Numa época de “factos alternativos” e de tweets corrosivos sobre “fake news”, Woodward é genuinamente o padrão de excelência… Explosivo… Devastador… Deixou-me estarrecido.»
— Jill Abramson, The Washington Post

Artigos relacionados
Comentários