78% dos portugueses têm dispositivos de trabalho remoto

Portugal é o terceiro país da Europa que mais disponibiliza telemóvel aos seus colaboradores, apenas depois da Alemanha e Espanha. Segundo o estudo “Work Life Balance” da Michael Page, 78% dos trabalhadores têm um dispositivo de trabalho remoto, nomeadamente telemóvel ou portátil. Desde total, 47% considera que o impacto destes equipamentos no seu estilo de vida é negativo.

Quanto à possibilidade de trabalhar em casa ou noutro espaço que não o escritório da empesa, 59% dos inquiridos portugueses indicam ter essa possibilidade. Entre os que optam pelo trabalho remoto, 51% encara esta flexibilidade como positiva para o equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

“Já quando analisamos os 30% que veem este tipo de trabalho como negativo, e comparando com o resto da Europa, somos os mais insatisfeitos, a seguir a Espanha (36%)”, indica o mesmo estudo. No Velho Continente, Portugal é o segundo país que mais trabalho leva para casa: 78% trabalham fora do horário laboral e 61% trabalha nas férias.

A Michael Page indica ainda que 72% dos portugueses acredita que uma boa relação com os colegas e chefias pode impactar a produtividade.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.