5 dicas para acabar o ano sem surpresas

A cerca de três meses de terminar 2018, ainda há decisões que podem ser tomadas no sentido de assegurar que nada corre mal nos negócios. A Ideias e Desafios, empresa dedicada à formação comercial e coaching, reuniu cinco dicas pensadas para gestores que querem acabar o ano sem surpresas desagradáveis e começar 2019 da melhor forma.

1 – Pedir à contabilidade uma simulação de fecho de ano. Preparar o próximo ano requer conhecimento sobre o exercício actual, pelo que é importante pedir uma simulação daquilo que poderá ser a situação financeira da empresa no final de Dezembro. O objectivo é ter uma ideia, por exemplo, dos impostos a pagar ou receber;

2 – Utilizar análises de sensibilidade nas previsões. Uma análise de sensibilidade permite testar a solidez das previsões e evitar problemas de tesouraria, simulando, por exemplo, os efeitos de uma redução de 10% nas vendas. Caso o orçamento resista a quebras nas vendas e aumentos nos custos, 2019 será um não tranquilo, de acordo com a Ideias e Desafios;

3 – Escolher os melhores indicadores de desempenho. A empresa de formação e coaching considera que os indicadores de desempenho (KPIs) mais utilizados nem sempre são os ideais para todos os negócios: “Se sabemos que as nossas vendas dependem do número de demonstrações feitas, que o número de demonstrações depende do número de contactos e que o número de contactos depende do nosso marketing digital, é mais importante monitorizar o volume de vendas ou o número de acessos à página da empresa?”;

4 – Tome decisões, mesmo que imperfeitas. Adiar constantemente uma decisão é pior do que tomar uma decisão que não se revele totalmente acertada. Tendo em conta que é impossível controlar todos os factores que influenciam o negócio, poderá não ser boa ideia esperar até reunir todas as informações;

5 – Antecipe as necessidades que prevê encontrar. Se as previsões apontam para um crescimento nas vendas, o melhor é garantir que estão disponíveis os recursos necessários para dar resposta a esse movimento.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Artigos de pele portugueses inspiram campanha
Automonitor
Renault apostada na eletrificação em 2020