100 empresas são responsáveis ​​por 70% das emissões. O que podemos fazer?

Hoje sabe-se que 70% das emissões e problemas ambientais são causados por uma centena de empresas.

De acordo com a ‘Fast Company’, não há como negar que as empresas e os governos alimentaram a crise climática, com o primeiro a gastar anos e milhões para fazer lobby ativamente contra as soluções para as mudanças climáticas. Contudo, as empresas de petróleo não são as únicas a fazer lobby essas mudanças.

A mesma publicação indica que, atualmente, as ações climáticas que podemos realizar nas nossas vidas são limitadas pelo mundo que essas empresas e políticos construíram.

“Os combustíveis fósseis ainda são a força vital da civilização moderna”, comenta Anthony Leiserowitz, diretor do Programa de Comunicação sobre Mudança Climática de Yale (YPCCC). Esse reconhecimento pode levar à perpetuação da ideia de que não há nada que se possa fazer individualmente.

Apesar de uma grande parte da ação climática necessária ter de partir de empresas e políticos para a mudança do sistema, as ações individuais ainda estão na raiz dessa mudança. Nesse sentido, a ‘Bloomberg’ apresentou um conjunto de ações individuais que devem ser consideradas.

Punir determinadas empresas enquanto consumidor é uma dessas ações, bem como apresentar-se favorável a políticos que incorporem na sua agenda ambições climáticas.

Levantar a voz contra empresas ou políticos podem parecer ineficaz, contudo Hayhoe defende que existe poder nos indivíduos que usam as suas vozes para defender a mudança, sublinhando que esse progresso aconteceu porque uma pessoa levantou a sua voz, seguida de outra, e assim por diante, até as suas preocupações serem ouvidas.

Envolver-se numa ação coletiva é também fundamental. Faça o que puder em casa, como reduzir o desperdício de comida ou isolar o sótão irão ajudar a diminuir as suas emissões e a poupar dinheiro.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.