10 anos e um dia depois Tesla bate recorde em Wall Street

As ações da fabricante de veículos elétricos Tesla atingiram um máximo histórico, esta terça-feira, apenas três semanas após superar a barreira dos 1.000 dólares por ação, e depois de ontem ter celebrado o décimo aniversário da sua entrada em bolsa, uma década em que viu aumentar o seu valor em mais de 4.000%.

Hoje, dez anos e um dia após a conquista de Nasdaq, apresentando-se sob a sigla TSLA, a empresa de Elon Musk atingiu um preço por ação de 1.087,69 dólares.

No dia da IPO em 2010, a Tesla colocou o preço das ações em cerca de 17 dólares, um pouco acima do intervalo estimado de 14 a 16 dólares, e conseguiu fechar a sessão em 23,89 dólares. Um bom prenúncio mas… deixaria antever tão ‘alucinante’ percurso?

Apesar de tão focada na procura de uma nova tecnologia para as suas baterias, que permita que os carros tenham quase 650 quilómetros de autonomia e uma duração de até 1,6 milhão de quilómetros, a Tesla alcança este feito agora numa ascensão que nem a pandemia da Covid-19 minou, e assim as suas ações dispararam mais de 140%.

Os analistas justificam estes aumentos nas apostas na fábrica em Xangai, no início da produção do Modelo Y em Fremont, na Califórnia, e nas promessas da empresa em relação ao lançamento de um camião elétrico, o ‘Semi’, uma carrinha elétrica, a ‘Cybertruck’, e ainda no reforço da sua tecnologia.

pub

Comentários
Loading...