1 turista, 1 código de barras. Grécia estende rastreamento até 31 de agosto

A partir da próxima quarta-feira, dia 1 de julho, os turistas que viajam para a Grécia deverão preencher um questionário online com 48 horas de antecedência para determinar se precisam ser testados quanto ao coronavírus na chegada, avança a ‘AFP’.

À luz deste novo protocolo, os viajantes recebem códigos de barras digitalizáveis ​​depois de preencherem um questionário com detalhes pessoais, apontando, nomeadamente, o país de origem e os países pelos quais viajaram nos últimos 15 dias.

O preenchimento deste questionário será obrigatório até ao próximo dia 31 de agosto.

Ainda sobre a forma como funciona esta solução, as autoridades gregas explicam que os códigos de barras serão digitalizados a partir de papel impresso ou dispositivos móveis nos portos de chegada, o que determinará se os viajantes serão direcionados para a saída ou para uma área de triagem.

Aqueles que forem selecionados para serem testados serão instruídos no sentido se terem de se isolar no endereço fornecido no questionário enquanto aguardam os resultados.

O novo protocolo “provavelmente será capaz de detectar a maioria dos casos importados”, disse Dimitris Paraskevis, membro da comissão de especialistas do ministério da Saúde, à Skai TV.

Quanto a reaberturas, recorde-se que todos os aeroportos do país voltam a estar disponíveis para vôos internacionais até quarta-feira, e os portos de Patras e Igoumenista receberão novamente barcos oriundos de Itália, enquanto outros destinos serão reabertos para navios cruzeiro.

Recorde-se que, no passado fim de semana, o governo grego decidiu abandonar os testes aleatórios a viajantes, de acordo com seu país de origem, o que confundiu os turistas que não sabiam se deveriam passar uma noite num hotel para serem testados após o desembarque em Atenas e Thessaloniki ou entrar diretamente em quarentena .

A Grécia, com um número relativamente baixo de mortes por coronavírus (191), acaba de lançar uma campanha promocional para reavivar o turismo (setor que representa um quarto de seu Produto Interno Bruto) visando conseguir tranquilizar os viajantes mas também os gregos que temem o ressurgimento da pandemia com o regresso dos turistas.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...